Sacar com cartão de crédito: CUIDADO com os juros

298

Sacar com cartão de crédito pode ser o único recurso para quem precisa de dinheiro com urgência. Mas é importante saber que o banco considera essa prática como um empréstimo, por isso cobra, comissões muito altas.

Quando você gasta um dinheiro que ainda não tem, paga juros e uma taxa pelo valor.

Atenção: Não deixe de verificar as descrições e condições abaixo se você pretende sacar com cartão de crédito.

Quanto custa para sacar com cartão de crédito?

A taxa de juros e a tarifa de retirada variam de banco para banco. Ao sacar dinheiro do limite do seu cartão, você faz um empréstimo e paga a mesma taxa de juros do rotativo, ou seja, quando paga apenas o mínimo da conta.

Isso significa que se você sacar 100 reais do cartão de crédito, terá que pagar 100 reais + o valor da taxa de saque + juros. Então, o custo final será maior que o dinheiro que você retirar.

E como você só pode pagar essa dívida no ato do recebimento da fatura do cartão, esses juros são contabilizados até o dia do encerramento da conta.

Não perca — 5 vantagens de usar o cartão de crédito de forma correta

Preste atenção ao preço do saque do cartão de crédito!

Em alguns bancos, a diferença entre pagamentos (inter)nacionais é de R$ 10 ou o dobro. Você sabe qual é a taxa que seu banco cobra? Confira os preços das maiores instituições do país:

Caixa Econômica Federal:

  • Saque no Brasil: R$ 11,00
  • Saque no exterior: R$ 22,00

Banco do Brasil:

  • Saque no Brasil: R$ 15,00
  • Saque no exterior: R$ 25,00

Itaú:

  • Saque no Brasil: R$ 12,00
  • Saque no exterior: R$ 22,00

Bradesco:

  • Saque no Brasil: R$ 15,00
  • Saque no exterior: R$ 25,00

Santander

  • Saque no Brasil: R$ 18,80
  • Saque no exterior: R$ 25,20

Além dos cartões de crédito fornecidos pelos grandes bancos, outras empresas que oferecem serviço de saque na função de crédito também cobram taxas para saques em caixas eletrônicos.

Veja abaixo o custo da operação nas administradoras de cartão de crédito:

Nubank

  • Saque no Brasil: R$ 6,50 + taxas e juros da transação.
  • Exterior: 6,38% IOF + imposto.

Digio

  • Preço no Brasil: IOF de 0,38% do valor de retirada + IOF diário de 0,0082%.
  • Saque no exterior: IOF de 6,38% do valor do saque.

Neon

  • Preço de saque no Brasil: R$ 6,90 + taxas e juros da transação.
  • Retirada no exterior: 4% + IOF.

Credicard Zero

  • Preço no Brasil: R$ 10 + IOF + juros.
  • Saque no exterior: R$ 20 + IOF.

Cartão de crédito BV

  • Saque no Brasil: R$ 9,90 + comissões.
  • No exterior: até R$ 50 por transação.

Vale a pena usar o cartão de crédito para sacar?

Geralmente, não! Esses juros costumam estar entre os mais caros do mercado, por isso ainda vale a pena pesquisar outros tipos de crédito ou até mesmo pedir dinheiro emprestado a amigos, ou familiares.

Se você não conseguir encontrar outra saída e precisar sacar com cartão de crédito, lembre-se de que você ira pagar a conta do mês que vem com um acréscimo grande no valor da fatura.

Embora a maioria dos comerciantes aceites pagamentos com cartão de crédito, algumas lojas preferem aceitar pagamentos em dinheiro e a única opção é usar seu cartão. No entanto, considere outras maneiras de obter pagamentos em dinheiro para evitar o pagamento de taxas de juros mais altas.

Evite sacar com cartão de crédito no exterior!

Sacar dinheiro do cartão de crédito quando você está no exterior é ainda mais caro do que no Brasil. Além dos juros, é cobrado o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e as taxas são cobradas em dólares. Também, pode ser cobrada uma taxa pelo uso da rede confiável responsável pelo terminal estrangeiro.