Emprestimos

Empréstimo no Carnê ou Boleto: Conheça os diferenciais e o melhor!

Photo of author
Luiz Gabriel

Se soubermos escolher com sabedoria, o empréstimo pode ser uma solução para problemas econômicos. Para adquirir fundos adicionais, exploramos várias opções de pagamento no mercado. O empréstimo no Carnê ou Boleto é uma das opções que muitos credores continuam disponibilizando aos tomadores. Com preços que podem ser bastante variáveis, é sempre essencial selecionar o produto que oferece as menores taxas de juros e é, na medida do possível, rápido e simples.

» Leia também: Crédito Pessoal MoneyMan: Taxas competitivas e liberação em 24 horas

Como funciona um crédito pessoal no Carnê

O empréstimo carnê é um tipo de empréstimo utilizado por diversas instituições financeiras do país, mas com menos frequência do que no passado. Pela segurança e praticidade da cartilha, ela também é utilizada para outros tipos de transações, como vendas a prazo em estabelecimentos comerciais, sempre que o preço for grande o suficiente para ser parcelado.

O empréstimo pessoal descrito no panfleto oferece algumas vantagens em relação a outros tipos de empréstimos. Não deve o mutuário tenha uma conta bancária. Difere da maioria dos créditos bancários, onde o pagamento é realizado por débito automático. Se você obtiver um empréstimo por meio de qualquer plataforma online – muitas vezes conhecida como fintech – é provável que você pague por meio de boleto bancário ou carnês. Examine o panfleto para os principais recursos do empréstimo:

  • O perfil do candidato será analisado.
  • O período é geralmente entre 10 e 12 meses.
  • Você deve ter uma reputação limpa.
  • O pagamento é pago antes da data de vencimento.

É possível fazer empréstimo Online no Carnê?

Em muitas circunstâncias, os empréstimos também podem ser obtidos online. A boa notícia é que você pode obter um empréstimo no conforto da sua própria casa. Tudo é feito na tela de um computador ou dispositivo móvel, incluindo a seleção do valor do empréstimo, a seleção do número de pagamentos e o envio da documentação necessária da financeira. Na verdade, a modalidade de empréstimo com carnês é amplamente utilizada em todo o Brasil para facilitar o processo de empréstimo ao consumidor.

E é muito mais seguro porque o pedido do cliente é entregue direto ao negócio, sem nenhum tipo de intermediário. As informações enviadas são salvas em um banco de dados seguro, que a equipe da empresa mantém em sigilo e utiliza exclusivamente para verificar o histórico de pagamentos, salário, tipo de trabalho etc.

Como contratar um empréstimo no Carnê?

Inúmeros bancos e instituições financeiras tratam do pagamento em carnês devido ao grande número de clientes que, por qualquer motivo, não desejam que as parcelas sejam debitadas de sua conta ou retiradas imediatamente de sua renda. As instituições que aceitam carnê estão listadas abaixo:

  • Geru;
  • Finamax;
  • LojaCred;
  • Super Fácil;
  • Finanzero;
  • Losango.

Empréstimo em Carnê ou Boleto Bancário?

Em todo caso, qual é a diferença entre os dois? Em ambas as circunstâncias, o pagamento deve ser feito pessoalmente em uma agência bancária ou outro local autorizado. Os prazos e a taxa de juros também são idênticos. Embora o boleto bancário ainda esteja em uso, ele foi suplantado por meios alternativos de pagamento.

A principal distinção entre as duas formas é sua função. O boleto bancário é utilizado com mais frequência do que a cartilha para quitar dívidas. Além disso, é cada vez mais utilizado em outros tipos de pagamento, como quando fazemos compras em lojas a crédito.

Na prática, porém, boleto e caderneta são normalmente referidos de forma intercambiável. Isto deve-se ao facto de serem distintos de outros modos de pagamento que estão a ganhar popularidade, nomeadamente os que envolvem o débito automático. Os clientes estão substituindo a cartilha e a letra de câmbio pelo débito da conta e pelo débito do salário que foi depositado.

Benefícios do empréstimo Pessoal Boleto ou Carnes

O fato de o empréstimo ser pago por boleto ou carnês não representa, por si só, um benefício ou desvantagem. No entanto, deve-se reconhecer que esta forma de empréstimo inclui vantagens. Observe-o abaixo:

  • É conveniente; basta pegar o boleto (carnê ou boleto) e proceder ao pagamento.
  • Boas taxas de juros são possíveis, mas é preciso estudar antes.
  • O modo é seguro.
  • Ocasionalmente, o documento pode ser emitido pelo devedor.
  • Não é necessário uma conta corrente.

De qualquer forma, antes de firmar um contrato, você deve sempre se informar sobre a taxa de juros, pois o perigo pode ser maior se você tiver dúvidas sobre sua capacidade de pagamento por débito ou desconto da fonte de pagamento.

Concluindo, o empréstimo de carnê ou boleto, embora esteja em desuso, continua em uso e pode ter suas vantagens. A questão mais importante para ficar de olho são as taxas de juros, que podem ser bastante baixas para alguns e bastante caras para outros.