Empréstimo Autônomo online: Saiba como contratar o crédito ideal

1147

Um empréstimo autônomo nada mais é do que um crédito pessoal. Essa modalidade, também conhecida como empréstimo pessoal, é uma linha de crédito destinada a pessoas maiores de 18 anos.

Ao contrário do refinanciamento, um empréstimo autônomo não exige que o cliente deixe ativos como garantia para o pagamento. Além disso, nesta opção é possível utilizar o tráfego da conta bancária como comprovante de renda, para quem não possui folha de pagamento.

Leia também: Empréstimo Sim com modalidades amplas e flexíveis, contratação digitalmente

Entenda melhor o empréstimo autônomo!

Conforme mencionado acima, um empréstimo autônomo segue as mesmas linhas de um empréstimo pessoal. Portanto, o procedimento básico é o seguinte:

  • O cliente realiza a simulação;
  • Passar em um teste de crédito;
  • Se aprovado, será creditado em sua conta bancária em até 24h.

Além disso, como ocorre com outros modelos de empréstimos, lembre-se do seguinte: nenhuma instituição financeira pode cobrar um adiantamento ou taxa inicial no momento onde o empréstimo é feito. Isso ocorre por essa prática ser ilegal conforme as regulamentações do Banco Central.

Quais documentações são exigidas para contratar o empréstimo?

Muito depende da instituição financeira onde o cliente solicitou o empréstimo. Cada banco tem sua forma de operar, então o valor e os documentos exigidos dependerão de como funciona a análise da instituição.

No entanto, os documentos mais solicitados ​​incluem:

  • RG ou outro documento de identificação com foto (Original);
  • CPF;
  • Comprovante de residência e de renda.

Como comprovar a renda mensal sendo autônomo?

Para comprovar a renda, o cliente pode utilizar determinados documentos, tais como:

  • Holerite;
  • Movimentação bancária;
  • Nota fiscal.

Contudo, vale lembrar que existem instituições que não aceitam algumas formas de comprovação de renda. Portanto, é importante conhecer a empresa e como funciona o pedido de empréstimo ao solicitar um crédito.

Como funciona taxa de juros e tarifas do empréstimo autônomo?

A taxa de juros não tem um percentual específico e essa é a regra para todos os empréstimos. Isso ocorre porque esse valor pode variar dependendo da instituição financeira que oferece o crédito e do perfil do solicitante.

Isso porque o cálculo da taxa de juros considera diversos fatores, tais como:

  • Risco de inadimplência;
  • Perfil do solicitante;
  • Entre outros.

Pessoas negativadas podem contratar o empréstimo?

Nem todas as instituições financeiras oferecem empréstimos aos devedores. No entanto, é possível com alguns bancos.

Entretanto, é importante ressaltar que devido ao risco de inadimplência, a taxa de juros desses clientes pode ser mais elevada do que a de outros clientes sem um histórico ruim.

Conheça outras opções de empréstimos?

Atualmente, o mercado financeiro possui diversos produtos financeiros. Isso permite que você escolha o que é melhor para cada situação. Contudo, para isso, é importante comparar as instituições financeiras e as formas de concessão de crédito:

Crédito consignado:

O crédito consignado é direcionado a categorias específicas, tais como:

  • Pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social);
  • Aposentados;
  • Funcionários públicos;
  • Pessoas com carteira assinada;
  • Militares.

O público dessa modalidade é mais limitado porque o valor do crédito é descontado diretamente na folha de pagamento ou benefícios da pessoa. Por isso, nem todos os clientes podem solicitar o crédito consignado.

Crédito com garantia:

Um empréstimo garantido tem três opções: veiculo, telefone celular ou imóvel. Todos os três têm a mesma base: ao assinar um contrato de empréstimo, o cliente deixa um bem como garantia para o pagamento do empréstimo.

Em caso de inadimplência, o banco ou instituição financeira pode recolher os bens da pessoa. Enquanto durar o contrato, é possível continuar a desfrutar do bem.

Automóveis

Veículos que entram como garantia:

  • Carro;
  • Moto;
  • Caminhões;
  • Ônibus;
  • Entre outros.

Nessa modalidade, o cliente pode quitar em até 48x, com taxa de juros de 1,49%.

Telefones celulares

Tal como na modalidade anterior, empréstimo com garantia de telefones celulares, o cliente utiliza o seu imóvel como garantia de reembolso do empréstimo. Além disso, observe que as instituições não aceitam todos os modelos de celulares.

Você pode gostar: Vale a pena pegar empréstimo para comprar imóvel? Confira todos os detalhes

Imóveis

O empréstimo com garantia imobiliária, também denominado home equity, é uma forma de crédito onde o cliente coloca seu imóvel como garantia de pagamento.

Como os outros nessa linha, a pessoa pode usar o ativo durante o contrato, a menos que haja uma inadimplência.

Além disso, algumas informações relevantes sobre esta modalidade:

  • Até 240 vezes para quitar o crédito;
  • Valores disponíveis para contratar maiores;
  • Juros mais baixos que começam a partir de 0,89% a.m.

Crédito na conta de luz:

Por fim, esse modelo de empréstimo é uma linha de crédito onde o cliente paga as parcelas do empréstimo mensalmente por meio da conta de luz.