Emprestimos

Como contratar o empréstimo Credisfera: Conheça o passo a passo!

Photo of author
Luiz Gabriel

Sem dúvida, as pessoas que precisam de recursos adicionais para investir ou quitar dívidas devem estar cientes de que estamos prestes a apresentar a você uma das maiores alternativas de crédito disponíveis. Isso porque o empréstimo Credisfera é uma excelente alternativa para quem precisa de auxílio financeiro.

Afinal, essa linha de crédito é desburocratizada e a contratação é rápida e direta. Além disso, você terá acesso a especialistas que o auxiliarão em todo o processo de obtenção deste empréstimo.

Separamos todos os elementos no artigo abaixo para que você saiba como solicitar um empréstimo pessoal com a Credisfera. veja:

» Leia também: Empréstimo Bom Pra Crédito: Conheça os melhores crédito online!

Empréstimo Credisfera: Quando vale a pena contratar?

Segundo a Credisfera, um empréstimo não cessa quando os fundos são depositados em sua conta. Ao contrário, ela observa que ele realmente começa naquele momento. Isso porque deve ser utilizado com sapiência, sabedoria e inteligência.

A razão do empréstimo da empresa se baseia nesse conceito: saber o que fazer com o dinheiro. Afinal, o indivíduo será obrigado a pagar os pagamentos ao longo de muitos meses.

Assim, há pelo menos cinco razões pelas quais a obtenção de um empréstimo pode valer a pena. A primeira é investir em sua própria empresa, o que gerará mais receita para você do que os pagamentos mensais.

Como contratar o empréstimo Credisfera: Passo a passo

A contratação de um empréstimo na Credisfera pode ser realizado 100% online. Veja a seguir um passo a passo completo para conseguir seu crédito de forma segura:

Empréstimo Pessoal Credisfera

Empréstimo rápido de até R$ 15.000 com taxa de juros atraentes e contratação simplificada!

(Você será transferido para o conteúdo de contratação)

  1. Para começar, acesse o site oficial da Credisfera;
  2. Ao fazer login, você terá acesso ao simulador, que permite modelar a linha de crédito que deseja contratar.
  3. Em seguida, preencha um formulário com todas as suas informações pessoais;
  4. Após inserir suas informações, você estabelecerá uma conta digital totalmente gratuita;
  5. Dê tempo suficiente para que a financeira faça uma análise de crédito do seu perfil;
  6. Em seguida, você receberá um e-mail com a resposta da avaliação;
  7. Caso sua solicitação seja aprovada, você terá acesso à proposta de crédito, que incluirá o valor do empréstimo, prazos, taxa de juros e outras informações pertinentes;
  8. Caso aceite a proposta, deverá proceder à finalização do contrato;
  9. Após a conclusão do negócio e a finalização do seu contrato de linha de crédito. Você precisará acessar o site da empresa e inserir mais algumas informações;
  10. Como resultado, você deve fornecer a documentação necessária;
  11. Finalmente, depois que tudo estiver concluído, os fundos serão depositados na conta bancária especificada no registro.

Requisitos para possuir o crédito da Credisfera

Além do fato de que o nome sujo, padrão, não é permitido para obter crédito da Credisfera, você também deve estar ciente de outras restrições que podem impedir que seu pedido seja concedido.

Para começar, seu CPF deve ser válido e atual. Então você deve ter entre 21 e 65 anos. Além disso, ele deve ser o titular de uma conta corrente ou poupança em muitos bancos. Além disso, você deve ter um endereço de e-mail atual e número de telefone celular.

A Credisfera lembra o seguinte item: “manter disponíveis as informações do seu documento de identidade e do CEP do seu endereço”. Com essas informações em mãos, você já pode enviar uma solicitação de crédito pelo portal Credisfera, conforme descrito anteriormente.

Qual é a taxa de juros praticada na Credisfera?

Como ocorre na maioria das instâncias do mercado financeiro brasileiro, o consumidor deve realizar uma simulação e passar na análise de crédito realizada por cada organização para obter uma taxa de juros precisa. Ou seja, as taxas de juros podem flutuar significativamente com base na sua pontuação de crédito.

No entanto, é fundamental entender que a taxa irá variar de acordo com a pesquisa de perfil de crédito do cliente. Pode variar entre 3,9% e 7,8% a cada mês. E no próximo assunto, vamos determinar se esse número está ou não dentro da média nacional.

Antes disso, a Credisfera lembra que além das taxas de juros, as pessoas físicas podem ser obrigadas a pagar o IOF, ou Imposto sobre Operações Financeiras. O governo cobra a taxa sobre os clientes que contratam empréstimos. Não há custo de inscrição.

Média nacional de juros: Banco Central

O Banco Central classificou as taxas de juros pré-fixadas do crédito pessoal não consignado para pessoas em ordem crescente, e é aí que entra o crédito pela internet. Como você pode ver, as empresas/bancos cobram entre 0,56% e 22,56% todos os meses.

Ou seja, quando examinamos a mensalidade imposta pela Credisfera, que varia entre 3,9% e 7,8%, chegamos a um preço aceitável que não é o menor nem o maior do Brasil. Para se ter uma ideia, essa taxa mensal de 3,9% é extremamente semelhante às taxas cobradas por bancos importantes como Banco Pan (3,74%), Itaú (3,89%) e Banco XP (3,89%) (4,22%).